quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Descobrindo...

Havendo um lugar para esconder vaidades, descobre-o.
Havendo um lugar para revelar ansiedades, encontra-o…

Sente nas mãos as tuas dúvidas esconderem-se,
Na pele um rio de vertigens sem peso ou cor,
Nos joelhos cansados o pedido,
O clamor por uma última oportunidade,
A última escolha,
Um passo cruzado em torno de nuvens soltas.

Havendo uma nuvem branca no céu, agarra-a.
Havendo um grito a ecoar no horizonte, ouve-o.

Sente no sangue, a vibrar, as palavras que te lanço
Nos passos, a areia do tempo, que marco com lacre
Na força dos meus braços a luta,
Um esforço por uma vitória,
Por uma meta
Que nunca alcanço sem dor.

Havendo mais alguém ao fundo da rua, fica!

Filipa Rodrigues

1 comentário:

oil penny stocks disse...

im your favorite reader here!